Escócia: roteiro revisado e as minhas impressões

_DSC7395
Callander – um bom local para fazer base pela região do Parque Nacional de Loch Lomond

Como disse no primeiro post, a Escócia entrou no nosso roteiro por uma conjugação de fatores: pouco tempo disponível, vontade de fazer uma viagem de carro e promessa (pelas leituras) de paisagens estonteantes.

Nossa idéia inicial era nos concentrarmos na região norte do país, pulando Edinburgo e chegando e saindo por Inverness. Mas, ao pesquisar os vôos, percebemos que não teria vôo direto saindo de Heathow para Inverness no nosso horario de chegada.

Então, voamos para Edimburgo, mas tocamos direto para dormir em Stirling e seguir rumo ao norte na manhã seguinte.

Acabada a viagem, a certeza que ficou foi que, realmente, o norte éa região que mais vale a pena a visita, na minha opinião.

Explico: tem tempo que vilarejos bonitinhos e charmosos não estão no meu radar de viagens. Não que eu não goste deles. Mas, tendo que selecionar locais, prefiro: ou grandes cidades ou destinos de natureza com paisagens de tirar o fôlego.

E a Escócia próxima a Edimburgo e a região de Loch Lomond é isso. Bucólica, linda, com vilarejos fofos, hotéis e pousadas charmosas, castelos e uma delícia de passear. Mas, não era o que eu estava procurando…

_DSC7373
Lake Katrine, de onde saem barcos para passeios de 1h pelo Loch Lomond

Então, no primeiro dia e início do segundo dia de viagem, confesso que fiquei um pouco frustrados e achando que, naquele momento, a viagem não estava valendo o esforço.

 

_DSC7343
Cemitério em Stirling

 

Mas isso foi só até chegar à região do Castelo de Eilean Donan!

O dia estava chuvoso, nublado e, mesmo assim, conforme fomos chegando ali, vimos que ali sim esava a Escócia dos cartões postais.

Esse castelo é o mais fotografado da Escócia e já foi cenário de vários filmes (Coração Valente, Elisabeth, etc) e sua localização realmente vale a visita. É lindo!

_DSC7685

De lá seguimos para Ilha de Skye, onde, infelizmente, passamos só uma noite. Mas a ilha vale um post todinho para ela.

Resumindo: se for pra Escócia e quiser ver as paisagens lindas de filmes, concentre-se na regisão de Inverness e Iha de Skye.

Agora, se seu forte são vilarejos fofos e passeios bucólicos, a Escócia toda é um prato cheio! Com certeza, quero voltar!

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s